O Pão da Vida – Parte II

Essa é a segunda parte do post O Pão da Vida. Se você não leu a primeira parte, sugiro você parar aqui mesmo e ler para entender melhor o contexto das minhas palavras abaixo!

Boa leitura! 🙂

2º A solução definitiva de Deus:

O capitulo 16 do livro do Êxodo, retrata o episódio onde o povo israelita, em meio a peregrinação rumo a terra prometida, clamou para ser alimentado e Deus então, enviou o maná e o pão do céu veio para eles.
A questão era que, o maná veio não apenas para saciar a fome imediata, mas apontava para o que estava por vir. O maná era uma tipologia de Cristo, O verdadeiro Pão que se deu em carne, era uma solução definitiva a fome espiritual do homem.

Deus deu a Moisés as leis que o povo de Israel deveria seguir e quando olhamos para a lei ela foi uma solução momentânea para resolver o problema da separação de Deus e do homem. Onde uma vez por ano ele agora poderia se saciar da presença de Deus, porém, apenas um momento uma vez por ano também não era suficiente. Tanto que o próprio Jesus revela que veio cumprir a lei, ou seja, ela por si só capacidade de saciar eternamente o homem espiritualmente.

Quando Deus enviou o pão do céu aos homens no deserto, a uma solução momentânea estava sendo dada. A questão é que toda solução momentânea aponta para a necessidade de uma solução definitiva. E justamente isso era o maná que desceu do céu, uma tipologia de que Cristo, o Pão Vivo que desceu do céu, apontando a solução definitiva de Deus que seria estabelecida na terra.

Disse-lhes, pois, Jesus: Na verdade, na verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu; mas meu Pai vos dá o verdadeiro pão do céu.
Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo.
Disseram-lhe, pois: Senhor, dá-nos sempre desse pão.
E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede. – João 6:32-35

O livro de João veio para revelar Jesus como filho de Deus. Ele relata alguns dos milagre, mas eles nunca tiveram o fim em si mesmo, pois, todo milagre acontece para revelar Jesus. Aquela multidão foi atrás de Jesus em Cafarnaum mais uma vez para procurarem comida. O que eles não entendiam era que enquanto buscavam por uma solução temporária, Jesus estava se revelando a eles e dando a eles uma solução definitiva.

Aquele que é a vida nunca se move nas nossas historias apenas para suprir necessidades imediatas, mas ele sempre vai te dar soluções que são definitivas. O lugar de conhecimento de quem Jesus é, de conhecimento da palavra, onde somos alimentados pelo pão da vida nos supre para vivermos com ele eternamente.

A nossa constância em ir direto a fonte espiritual, que é Jesus, revela o quanto estamos dispostos a nos alimentar dele, não apenas para suprir necessidades momentâneas, mas eternas. Filipe poderia ter dito: Senhor, tu sabes! Ou: Senhor, não temos um lugar mas, eu sei que podes operar milagre. No entanto Filipe não considerou a autoridade de Jesus.

Em quais áreas você tem buscado solução momentânea?

  • Trabalho excessivo;
  • Carência emocional;
  • Dependência emocional;
  • Satisfação do próprio ego: onde todos precisam estar sujeitos a você;

E Jesus te diz hoje: Eu não quero só resolver seu problema imediato eu quero te dar a solução definitiva.

Sempre há uma porção do pão da vida disponível para você. Em meio a necessidade Jesus nunca vai te saciar só de forma imediata, ele sempre vai além te dando alimento capaz de te suprir em abundância. A questão era que aqueles homens estavam acostumados com a lei, tanto que questionaram Jesus sobre o maná. Jesus está chamando a geração que não deseja soluções imediatas, mas deseja o verdadeiro pão do céu a solução definitiva. Uma pessoa pode caminhar com Jesus e ainda não entendê-lo como solução definitiva. Mas, a pergunta retórica para Filipe, é justamente a pergunta que tem sido ecoada nos nossos dias:

Qual a origem que você procura para suprir sua fome, a aquela que vai te dar uma solução imediata ou a definitiva?

A mesa está posta para você, apenas peça: Senhor gere fome em mim suficiente para desejar não apenas as soluções imediatas que o Senhor pode me dar, mas soluções definitivas que vão gerar vida eterna. Havia uma porção de conhecimento sobre quem Jesus é que estava disponível para os discípulos e a multidão que ainda não haviam provado.

Você não precisa de soluções imediatas, você só precisa de um pão capaz de te saciar definitivamente, aquele que te reposiciona no lugar de comunhão com Deus.

Todas as vezes, que em meio a necessidade e no seu coração há um clamor por respostas, isso é apenas a evidência espiritualmente de que existe uma nova porção do pão da vida, de conhecimento da palavra para você e que você ainda não acessou, mas está disponível para você. Entenda isso, quando você prova da solução definitiva, a necessidade pode até chegar, mas ela não é mais um problema, porque você apresenta a ela a solução definitiva. Você não volta mais a ter fome naquela necessidade.

Conclusão:

  1. Pão da Vida é o único alimento capaz de fazer com que o homem sobreviva de forma espiritual.
  2. O Pão da Vida é a solução definitiva.

Todas ás vezes, que queremos apenas soluções temporárias, estamos nos igualando ao povo que andava com Jesus, mas tinham os olhos na terra.
Talvez você está assim essa manhã, buscando Jesus por algo que precisa ser resolvido imediatamente, mas Jesus te chama e diz eu não apenas quero resolver seu problema imediato mas quero te saciar definitivamente, me revelando a você através da palavra para que você me tenha não apenas no que posso fazer mas em quem sou.

Jesus não quer te dar migalhas, ou pequenos milagres, ele te deu o direito de se assentar a mesa, comer do pão, ir a origem de quem Ele é. Não é a atoa que, a tribulação gera um peso de glória eterno em você. Ele não apenas te sustenta na tribulação ele te sacia para a eternidade. A mesa está posta para você, apenas peça:

Oração: Senhor gere fome em mim suficiente, para desejar não apenas as soluções imediatas que o Senhor pode me dar, mas soluções definitivas que vão gerar vida eterna. Em nome de Jesus, amém!

No amor de Cristo, Eliza Martins.

Eliza Martins
Sobre Eliza Martins

Eliza Martins é mineira de Belo Horizonte, apaixonada por Jesus e casada com Hugo Nascimento. É formada pelo Seminário Teológico Carisma Matriz - Belo Horizonte / MG. Servimos ao Senhor na Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte.