O Poder de uma Porta Fechada por Deus (Pregação)

Já se deparou com uma grande oportunidade aberta? E com uma grande oportunidade fechada? Seu comportamento diante da porta aberta é diferente quando diante da porta fechada?

Se sim, eu quero conversar com você sobre o poder de uma porta fechada!

E ao anjo da igreja que está em Filadélfia escreve: Isto diz o que é santo, o que é verdadeiro, o que tem a chave de Davi; o que abre, e ninguém fecha; e fecha, e ninguém abre – Apocalipse 3:7

Você já passou pela experiência de ver uma oportunidade única se abrindo para você? Sabe aquela que somente Deus poderia abrir? ! São os momentos em que experimentamos da fidelidade de Deus, não é verdade?! Dizemos: “Uauuuu! Deus realmente é fiel!” Ou talvez, você tenha experimentado ver portas se fechando, aquelas que você tinha a certeza que se abririam.

A verdade é que quando estamos diante de uma porta fechada os primeiros sentimentos que vem são de insuficiência, frustração, ou até mesmo de injustiça.

Frustração, por não ver a expectativa criada sendo satisfeita; Insuficiência porque é quando começamos a questionar a nossa capacidade, habilidades ou até mesmo a nossa identidade, a pessoa não se vê boa para aquilo e acaba por se inferiorizar.

Injustiça, pois é quando você está quase alcançando o que tanto deseja, então vem alguém e entra na sua frente e a porta tão esperada se fecha. A sensação é a de ser sempre o segundo, afinal, alguém sempre rouba o seu lugar.

Nesse momento o desânimo já tomou conta, as expectativas se foram e acreditar ser possível ou acreditar que irá alcançar o que tanto deseja não é mais uma realidade.

Agora a única crença que existe é que realmente é melhor deixar tudo de lado e não ter esperança para não se frustrar de novo. Quase sempre, quando estamos inseridos em cenários como esses, costumamos não nos lembrarmos que o Deus para o qual entregamos a chave do nosso coração é onisciente e que, Ele conhece passado, presente e futuro e Sua vontade é soberana.

Logo, a questão é: quando estamos diante de uma porta fechada, o nosso nível de confiança no caráter de Deus é revelado. Pois, se confiássemos no caráter de Deus, não insistiríamos em bater em portas que o próprio Deus já fechou!

Um filho maduro continua acreditando mesmo quando o Pai diz não. Por que? Porque o filho confia na imutável bondade do caráter do seu Pai. O filho amado que é maduro entende o poder de um não de Deus!

Por que Deus permite que as portas se abram?

“Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam.” – Romanos 1:28

O homem não desejou conhecer a vontade de Deus e por isso Ele os entregou aos seus próprios pensamentos. Quando insistimos em arrombar portas que Ele fechou, não ache que foi você quem conseguiu abrir.

Muitas vezes, Deus permite que elas se abram para que a pessoa veja que o que está atrás da porta era fruto de vaidade humana. É nessa hora que a pessoa aprende que o problema maior não é quando você é teimoso com as pessoas, e todos tem que fazer o que você quer na hora que quer, mas o problema é quando você é teimoso com Deus e Ele tira as mãos de você e te entrega aos seus próprios desejos.

Embora receber um não seja desconfortável, é tempo de confiar no poder de Deus. Afinal, os pensamentos de Deus são mais altos e abrangem uma perspectiva completa de tempo, seja ele passado, seja ele presente ou seja ele o futuro.

Confie no Tempo de Deus

O tempo de Deus é perfeito e não é limitado como o tempo do homem.

“Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração.” – Jeremias 29:11-13

Muitas vezes portas são fechadas para a nossa proteção! Se elas se fecharam ou sequer chegaram a se abrir, é porque o que continha atrás da porta não estava no livro que o Eterno escreveu ao seu respeito!

Agora, a questão é:

Quanto você deseja viver a vontade soberana de Deus?
Pois, se de fato desejarmos viver os sonhos de Deus, não insistiremos em bater em portas que o próprio Deus se responsabilizou em fechar. A porta que ele fecha ninguém pode abrir.

Apesar dos inevitáveis momentos de lágrimas, entender que tudo tem um tempo e propósito determinado é primordial. O mesmo Deus que escreveu todos os nossos dias em um livro nos dará graça a fim de nos mantermos firmes diante do sentimento de frustração.

Quando temos o coração no Senhor, temos a maturidade para saber que não tem haver com as portas que se fecharam ou as que se abriram, mas sobre o que o Pai queria nos ensinar: a começar por manter o coração n’Ele e não nas boas oportunidades; a continuar confiando que os pensamentos d’Ele são maiores e melhores do que os nosso!

Não digo que as portas que uma vez foram fechadas nunca se abrirão, mas talvez não se tenha alcançado a maturidade necessária. No tempo certo, as portas se abrirão e nesse momento você não apenas entrará pela porta, mas terá maturidade para andar à altura daquilo que está por detrás dela!

“Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu.” – Eclesiastes 3:1

Pregação Eliza Nascimento – Igreja Batista da Lagoinha

Nesta oportunidade incrível, a pastora Eliza Nascimento nos apresenta um vídeo de sua pregação durante um culto de celebração na Igreja Batista da Lagoinha.

Ela compartilha ensinamentos importantes sobre o Poder de uma Porta Fechada por Deus, baseada nas Escrituras.

Por isso, não deixe de assistir esta pregação inspiradora da pastora Eliza Nascimento se você deseja entender mais dos processos de Deus e do amor d’Ele para com você! Assista o vídeo abaixo e seja edificado:

Conclusão

Confie no tempo determinado por Deus. O Senhor está gerando em você tudo o que você precisa para andar à altura do que Ele te prometeu.

“Esperei com paciência no SENHOR, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.” – Salmos 40:1

Não adianta esperar agitado, afinal de contas se você confia no tempo de Deus, você não se desespera, pois, a espera precisa ser paciente.

Descanse seu coração na soberania de Deus quando estiver diante de uma porta fechada. Se não conseguir descansar, sujeite-se à vontade soberana d’Ele, pois o próprio Deus te conduzirá ao tempo propício para que a porta se abra. Repouse seu coração na multiforme graça e sabedoria de Deus e nunca subestime o poder de uma porta fechada.

Deus te abençoe!

Eliza Martins
Sobre Eliza Martins

Eliza Martins é mineira de Belo Horizonte, apaixonada por Jesus e casada com Hugo Nascimento. É formada pelo Seminário Teológico Carisma Matriz - Belo Horizonte / MG. Servimos ao Senhor na Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte.