Paz de Deus: Encontre serenidade em meio ao caos

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize

Quando olhamos a palavra, em momentos distintos vemos Deus instruindo o seu povo a respeito da paz. Em meio a adversidade, em meio a guerra, em meio ao dia mal. 

João 14 são as últimas palavras de Jesus aos seus discípulos. E ele de forma intencional fala a respeito da paz. 

Ele estava orientando os seus discípulos, a não ter medo diante daquilo que estava por vir e desfrutar da paz que Ele deixaria para nós. 

Jesus fala sobre dois tipos de paz, a paz do mundo e a paz de Deus. 

Para o mundo paz é a ausência de guerra. 

O que é a paz de Deus?  

No grego, Paz é EIRENE: indica muito mais do que ausência de guerra (perturbação), mas também a paz que resulta de acreditarmos no Senhor, crermos que Nele teremos sempre muita paz. 

É a manifestação da minha fé, que anda junto com a alegria. 

Paz não é a ausência de problema, mas a ausência de perturbação durante o problema. Ausência de inquietação, ansiedade e desespero.

A minha paz é fruto do meu espírito, independente de circunstâncias, eu escolho andar. 

No hebraico, Paz é SHALOM: Quietude. 

Significa uma quietude que provém de uma vida vivida em plenitude; ou seja, ser saudável e próspero, ter tudo que contribui para o bem-estar. 

Como desfrutar da paz de Deus?

1. Entendendo que ela é Fruto do Espírito:

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Gálatas 5:22

Confusão e instabilidade, desordem, perturbação, tumulto, são características da antiga natureza. 

Paz não depende do que está acontecendo no mundo. 

A paz não é ocasional, ela é uma realidade em todo cristão. 

Paulo e Silas oravam e cantavam louvores na prisão – At 16.25. 

Não é como o mundo dá. A paz de Deus é diferente da paz que há no mundo. 

Paz é nossa responsabilidade porque é fruto permanente de Deus em nós!

A paz de Deus não é circunstancial, é eterna.

A palavra nos garante a verdadeira paz – Jo 16.33. 

 Paz não é temor nem se configura num coração turbulento – Jo 14.27.

2. Um lugar de descanso interior

Nós temos a perfeita paz quando nossa mente está conectada com o Senhor – Is 26.3. 

Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti. Isaías 26:3 

Quando confiamos no Senhor nossa mente está descansada nEle, nosso espírito domina a situação, para que a alma atropele o espírito. 

O trono de Deus está firmado em paz, justiça e alegria. 

A paz que Daniel teve não foi por causa da situação, mas porque seus pensamentos estavam em Deus. – Dn 6.16·23. 

Ele não pensou nos leões, mas pensou em Deus. 

Ficar com a Palavra ou ficar inquieto e preocupado é decisão nossa 

Paz vem por causa da sua comunhão com Deus (ouvir o que Ele diz). 

3. Paz é guia 

Aprenda a achar o lugar da Paz . Is 55.12. 

Porque com alegria saireis, e em paz sereis guiados; os montes e os outeiros romperão em cântico diante de vós, e todas as árvores do campo baterão palmas. Isaías 55:12

Quando estamos em paz recebemos direções de Deus 

Se quisermos receber direções de Deus precisamos nos conservar em paz. 

A quietude nos faz sensíveis para ouvir o som da voz de Deus.

A paz de Deus deve ser uma forma de Deus guiar nossa vida. 

A paz é uma maneira de Deus nos direcionar.  

Quando perguntamos demais sobre algo é porque não sabemos se deve ou não ser feito.

Dê passos onde você tem paz. 

Porque a paz que excede todo entendimento nos guia. 

 No centro da vontade de Deus temos paz. 

A lâmpada precisa estar acesa. A paz de Deus é um guia seguro.

Colossenses 3.15 – “E deixe a paz, a harmonia da alma que vem de Cristo, reinar ou agir como juiz continuamente no seu coração, para decidir e ficar com finalidade todas as perguntas que se levantam na sua mente, naquele estado de paz, que como membros de Cristo fomos chamados para viver.”

Colossenses 3.15 – Deixa a paz de Cristo guiar todas as suas decisões.”

 Não precisamos depender de portas abertas ou fechadas, mas precisamos crer em Deus, que nos guia.

Porque Deus não é Deus de confusão, senão de paz, como em todas as igrejas dos santos.

Como andar na paz de Deus?

A paz de Deus excede todo o entendimento – Fl 4.4-9

– Não andar ansiosos, mas entregando todos os problemas para Deus, e Ele os resolve. Ele cuida de nós.

Muitas vezes não desfrutamos da paz de Deus, porque queremos ditar nossos próprios caminhos. Mas a paz te espera na estrada de Deus. 

Muitas vezes queremos dizer pra Deus qual o caminho ele deve seguir, nos pegamos perturbados de coração. Mas confiar é a única opção ou se não você viverá atribulado interior interiormente. 

Encontre paz nos caminhos de Deus, 

– Renovação da mente, trazer à memória o que trás esperança. 

Andando em paz, guiado pela paz, vivendo na paz de Deus.

Conclusão

Quando entendemos essa paz que excede todo entendimento entramos em um lugar de descanso em Deus.

Quero deixar uma ministração minha que aconteceu em um culto de celebração na Igreja Batista da Lagoinha. Assista e seja edificado. Se permita viver a paz de Deus!

Que o Senhor te abençoe poderosamente, em o nome de Jesus!

Eliza Martins
Sobre Eliza Martins

Eliza Martins é mineira de Belo Horizonte, apaixonada por Jesus e casada com Hugo Nascimento. É formada pelo Seminário Teológico Carisma Matriz - Belo Horizonte / MG. Servimos ao Senhor na Igreja Batista da Lagoinha em Belo Horizonte.